top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Promovido pela prefeitura de Cruzeiro do Sul Primeira Feira ‘Arte da Floresta do Polo Moveleiro’ superou expectativas



No último final de semana, Cruzeiro do Sul foi palco da primeira feira ‘Arte da Floresta do Polo Moveleiro’. Realizada pela Associação do Polo Moveleiro de Cruzeiro do Sul e pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul tendo como parceiros, o SEBRAE, o Governo do Estado, o SESI, e outros colaboradores, a feira teve como objetivo principal destacar e valorizar a arte e o trabalho dos profissionais do setor moveleiro na região.



O evento atraiu  um público expressivo, surpreendendo os organizadores com a quantidade de visitantes durante os dois dias do evento. Além das vendas feitas na hora, no valor de R$ 50 mil, encomendas de móveis e utensílios foram feitas e negócios futuros, pactuados.


Das 9h da manhã às 9h da noite, os estandes ficaram movimentados, especialmente durante o período noturno, demonstrando o interesse e apoio da comunidade à iniciativa. Além de celebrar a profissão de carpinteiro e marceneiro, comemorada em 19 de março, a feira teve como propósito destacar a qualidade e diversidade dos produtos fabricados no Polo Moveleiro de Cruzeiro do Sul. Os 11 expositores locais, juntamente com algumas empresas parceiras, apresentaram uma variedade de móveis e outros itens, conquistando os visitantes com sua criatividade e habilidade artesanal.



João Evangelista, representante do setor moveleiro, ressaltou a importância do evento para a valorização do polo, antes esquecido pela sociedade. Ele destacou o apoio da Prefeitura na execução da feira, que não apenas proporcionou vendas significativas, mas também mudou a percepção das pessoas em relação ao setor.

“Foi uma grande conquista que nós tivemos de um projeto que a gente conversou com o SEBRAE e com a prefeitura, e a prefeitura executou esse processo de fazer a feira dentro do polo para a gente mostrar para a sociedade que tem um polo moveleiro, que antes era esquecido pela sociedade.  Então essa feira foi muito importante para o nosso setor e a gente hoje está sendo visto de forma bem diferente. Nós já estamos recebendo visitas hoje, para vendas de produtos. Queria agradecer aos participantes que puderam nos apoiar, mas a prefeitura foi quem executou. Então eu agradeço de coração”, enfatizou.


Janisson Ferreira, proprietário da Móveis Juruá e vice-presidente da Associação dos Moveleiros, relatou vendas estimadas em mais de E$ 50 mil durante a feira. Para ele, esse resultado superou as expectativas, demonstrando o potencial do setor e a importância de iniciativas como essa para impulsionar a economia local.

“Para nós foi muito importante essa feira que aconteceu aqui no setor móvel, onde as pessoas participaram e puderam ver a qualidade do nosso serviço. Das vendas, estima-se que vendemos mais de R$ 50 mil. Foi uma coisa que a gente não esperava, nem na Expoacre, nem no Novenário a gente nunca conseguiu um feito desse tamanho. Então foi muito importante para nós realizarmos essa primeira feira aqui no Setor Moveleiro. E graças a Deus foi tudo muito bem, tudo ocorreu da melhor maneira possível, graças ao apoio da Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul, que deu todo o suporte para a gente, para que a gente pudesse realizar essa primeira feira aqui no Setor Moveleiro. E se Deus quiser, no próximo ano, também com a ajuda da Prefeitura, vai ser ainda melhor e maior”.


Thiago de Mello Rodrigues, proprietário da Marcenaria Rodrigues apresentou peças produzidas a partir de restos de madeira. O resultado surpreendeu Thiago.

“Minha expectativa em relação à feira foi superada, porque eu não esperava o reconhecimento e o público que a feira abrangeu. Acredito que todos que estavam vendendo também tenham o mesmo conceito. Não esperava a quantidade de vendas; vendi todos os meus produtos, mas se tivesse mais para vender, eu teria vendido. Agradeço a todos que se empenharam no evento e espero que no próximo ano seja ainda melhor. Eu estava lançando um produto que achava que não seria bem aceito pelo público, e graças a Deus foi bem aceito. Pretendo continuar na fabricação dessas peças, sendo que são todas feitas com madeira reciclada. Trabalho utilizando restos de madeira de outras marcenarias que seriam descartados ou queimados," contou.


A Secretária Municipal de Turismo e Empreendedorismo, Gleiciane Cruz, destacou a importância da primeira feira Arte da Floresta do Polo Moveleiro de Cruzeiro do Sul." Na verdade a feira tinha o intuito de mostrar para a sociedade toda essa valorização da  arte que temos ali no Polo Moveleiro. A feira foi realizada no próprio polo, pensando nessa valorização deles e a gente contou o público  que nos surpreendeu. Os negócios foram feitos na hora, bem como encomendas ", concluiu.



Kommentare


bottom of page