top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Prefeitura realiza abertura da terceira fase municipal dos Jogos Escolares




Na manhã desta quarta-feira (24), a prefeitura de Cruzeiro do Sul, deu início à fase urbana dos Jogos Escolares. A competição estudantil que envolve mais de três mil alunos da zona urbana e rural, tem a participação de 32 escolas do estado e município, no ensino Infantil, Fundamental e Médio.

Os estudantes competem em 13 modalidades: Atletismo, Basquetebol, Ciclismo Speed, Futsal, Ginastica Rítmica, Handebol, Jiu-jitsu, Natação, Taekwondo, Tênis de Mesa, Voleibol, Vôlei de praia e Xadrez.


A solenidade de abertura contou com a presença do Prefeito Zequinha Lima e do Vice-Prefeito Henrique Afonso, do Secretário Municipal de Educação, Amarísio Saraiva e do Diretor Municipal de Esporte, Edvaldo Gomes.


Representando o Governo do Estado, estiveram presentes a Coordenadora Regional de Educação do Acre, Ruth Bernardino, o representante do Departamento de Esportes do Governo do Estado no Juruá, Adelcimar Carvalho, além de vereadores e diretores das escolas na competição.


O prefeito Zequinha Lima ressaltou que graças à parceria institucional entre prefeitura e governo do estado, esta será a maior edição já realizada dos Jogos Escolares em Cruzeiro do Sul.

"Esse é o momento mais importante do esporte em Cruzeiro do Sul que é a realização dos Jogos Escolares. Principalmente depois da pandemia essas modalidades ficaram paradas, mas hoje está voltando com força total. Essa é a maior realização dos Jogos Escolares em Cruzeiro do Sul. São 32 escolas participando, com 13 modalidades, além de termos pela primeira vez a participação de uma escola indígena. Isso é importante, porque quando o esporte cresce, aparece mais oportunidades para que os adolescentes e os jovens possam crescer na competição e chegar na fase estadual e até na fase nacional. E sempre que os nossos alunos chegaram nestas fases, eles trouxeram troféu e medalhas para nossa cidade, e isso incentiva e motiva para que as escolas possam continuar crescendo nas modalidades esportivas", disse o Prefeito.


Estudantes contra o racismo no esporte

A temática do racismo no esporte, evidenciado a partir do lamentável episódio ocorrido com o jogador brasileiro Vini Jr. na Espanha, também se fez presente nesta edição dos jogos escolares.

Contando pela primeira vez com a participação de uma escola indígena a inclusão e o respeito pela diversidade e a integração faz parte do propósito dos jogos escolares.


Durante a solenidade, o estudante Caíque, da Escola Comandante Brás de Aguiar, leu uma carta dos alunos com uma mensagem contra o preconceito no esporte.

"Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho nos olhos, haverá guerra".

O Prefeito Zequinha parabenizou os professores que vem preparando suas escolas para tratar deste tema difícil, porém necessário.


"O mundo vive um momento muito difícil, o preconceito, onde as pessoas querem utilizar da cor para fazer a discriminação. Essa carta chama nossa atenção, principalmente porque estamos iniciando a maior competição esportiva em Cruzeiro do Sul, e o mundo todo hoje comenta o que está acontecendo sobre o preconceito no esporte. Essa mensagem serve para todos que vão a partir de hoje iniciar o processo de competição", disse o prefeito.


Os jogos da fase municipal terão uma duração de 11 dias. O enceramento de todas as modalidades será no dia 03 de junho com a entrega da premiação aos campeões que irão representar o município e suas escolas na fase estadual com previsão de início dia 06 de junho.


A Coordenadora Regional da Secretaria Estadual de Educação, Ruth Bernardino reforçou o apoio do Estado e a parceria com o Município, para que a competição estudantil possa ser a melhor possível.

"Procuramos dar o melhor para que eles possam competir e representar bem sua escola e conseguir um melhor posicionamento na competição ou até chegar na fase estadual e nacional. Esse é um sonho de todo estudante: chegar na fase nacional. Os nossos professores e diretores vão fazer o possível para que isso aconteça",   garantiu a coordenadora.


O sonho de ser campeão em sua cidade e avançar para as fases estadual e nacional está em todos os atletas. O estudante Gabriel Barroso, da Escola Presbiteriana, participa pelo segundo ano dos Jogos Escolares na modalidade do Futsal juvenil e disse que o time este ano vem mais preparado para disputar a classificação.


" Na edição passada jogamos no infantil, mas não tivemos muito êxito. Este ano vamos brigar por uma posição melhor e quem sabe até alcançar uma vaga na próxima fase o que não é fácil", comentou o estudante.



Comments


bottom of page