Prefeitura de Cruzeiro do Sul se antecipa e ativa toda estrutura para enfrentar cheia




O Rio Juruá transborda e já atinge cerca de mil famílias em Cruzeiro do Sul. A última medição, feita às 6 horas da manhã, desta quinta-feira, 23, mostra o Juruá com 13m27cm, acima da cota de transbordo, que é de 13m.

Segundo a Defesa Civil, oito bairros do município de Cruzeiro do Sul já foram afetados nesta alagação e, por enquanto, ainda não ocorreu retirada de famílias e transporte para abrigos. Mas, segundo o próprio coordenador da Defesa Civil, José Lima, nas próximas horas isso deve começar a acontecer.

O coordenador José Lima também falou sobre o planejamento e o trabalho que está sendo realizado: "Estamos preparados bem antes da cheia começar, o plano de contingência estava pronto e aprovado. O nosso prefeito, Zequinha Lima, vinha reunindo as equipes da prefeitura e tem dado todo apoio ao nosso trabalho, e isso tem feito toda diferença", comentou Lima.

Para o prefeito Zequinha Lima o momento é de alerta e muito trabalho: " Estamos em alerta 24 horas por dia, acompanhando o comportamento das águas e a situação das famílias. E continuou: "Já fizemos reunião com todo secretariado e tomamos todas as medidas necessárias para agir com rapidez e eficiência, em caso de necessidade", garantiu Zequinha.

*2021 como grande aprendizado*

No ano passado, a cidade de Cruzeiro do Sul sofreu com a maior alagação de sua história. E logo nos primeiros meses da gestão Zequinha Lima e Henrique Afonso. O trabalho realizado acabou virando referência para situações de desastres naturais em todo o país, segundo o próprio Secretário de Defesa Civil Nacional, Alexandre Lucas, que esteve no município acompanhando o trabalho.

A experiência de 2021 tem sido fundamental para a eficiência e antecipação que se destacam no atual Plano de Contingência, que já está em execução na cheia deste ano. Essa é uma afirmação feita pelo próprio prefeito de Cruzeiro do Sul: "A experiência do ano passado - com a maior alagação da história - tem sido muito importante para nossa preparação e para o trabalho que já estamos realizando esse ano. Estamos a postos e preparados para apoiar as famílias da melhor forma possível e amenizar o sofrimento trazido pela alagação", explicou Lima.




0 comentário