top of page

Prefeitura realiza eleição para escolha de diretores das escolas de Cruzeiro do Sul

Prefeitura realiza eleição para escolha de diretores das escolas de Cruzeiro do Sul

A eleição para a escolha dos novos diretores das escolas municipais de Cruzeiro do Sul é realizada nesta segunda-feira, 7, pela prefeitura por meioda Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer – SEMEDEL.



O pleito ocorre das 8 as 17 horas. Para se eleger, o candidato precisa ter a maioria dos votos dos pais, alunos e servidores. O município tem 112 unidades de ensino, mas, por lei, a eleição só define os gestores das escolas com mais de 100 alunos. Dentro desse critério, 28 escolas realizam a escola dos gestores mas em 7 delas, não houve candidatos interessados em concorrer à vaga de gestor.




"O município de Cruzeiro do Sul tem um sistema híbrido para a escolha dos novos diretores. Os candidatos precisaram ser aprovados nas provas objetivas e subjetivas para passarem pelo crivo dos servidores e pais e/ou responsáveis dos alunos. Os candidatos que forem derrotados na votação, formarão um banco de reserva e, havendo vacância, como já temos em sete escolas que não se apresentaram candidatos, essas vagas serão preenchidas por quem está no banco de reservas, obedecendo o critério de classificação nas provas objetivas e subjetivas", destacou o secretário adjunto da Educação, Valdenísio Martins, que preside a Comissão de Processo de Seleção dos novos gestores.





Elizangela Braga, que já é gestora da Escola Darcy Bezerra e concorre à reeleição."A expectativa é grande, pois queremos dar continuidade ao trabalho que já estamos fazendo na nossa escola. Nossa expectativa é pela hora do sim", declarou a candidata.

Na escola Rui Barbosa a escolha se dá entre a Chapas 1, de Jarderson das Chagas Freitas , Chapa 2 de José Ribamar da Silva Vila Nova. Clelva Rodrigues Correia, atual diretora da unidade escolar, no cargo há nove anos, pontuou o caráter democrático da decisão. “É um momento democrático de decisões. Os candidatos estão empenhados, ninguém quem perder. Os dois candidatos tiveram oportunidade de conversar, fazer reuniões com os pai dentro um processo democrático. Até agora está tranquilo, esperamos que, próximo das 17h, seja um bom resultado. Só Deus saberá."


Sebastiana de Souza, mãe de aluna, justificou seu apoio a um dos candidatos." Resolvi votar porque meu candidato já trabalha há muito tempo e a gente reconhece o esforço dele. É uma pessoa humilde, gosta de ajudar as pessoas e os alunos gostam dele, que é prestativo com as crianças", argumentou.




José Cândido Maciel, 57 anos, pai de aluna, decidiu seu voto com base na expectativa de melhoras para o transporte dos alunos. “Já é muito bom, mas a gente sempre espera que melhore mais. Eu moro do outro lado e às vezes falta barco para atravessar minha filha para a escola", citou.




bottom of page