Prefeitura de Cruzeiro do Sul e Programa Wi-Fi Brasil levam internet para comunidades ribeirinhas


Após aderir ao Programa Nacional Wi-Fi Brasil, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul cadastrou comunidades ribeirinhas isoladas, para receberem internet gratuita, através de sinal por satélite. A Comunidade Tartaruga, no Rio Valparaíso foi a primeira beneficiada com a tecnologia. Os vereadores Antônio Cosmo e Márcio da Farinha acompanharam as equipes que realizaram a instalação, e de lá conseguiram se comunicar com o Prefeito Zequinha Lima, em uma ligação pela internet.

O projeto conta com o apoio da Deputada Federal Jéssica Sales para contemplar outras comunidades ribeirinhas Terra Firme de Baixo, Terra Firme de Cima, pertencentes ao Rio Valparaíso e as Comunidades Tatajuba e Simpatia do Rio Juruá. O vereador Antônio Cosmo agradeceu o empenho do prefeito Zequinha Lima e da parlamentar, na busca do benefício para as comunidades ribeirinhas.

“Viemos acompanhar o técnico que dá o suporte para o programa. Queremos agradecer o prefeito Zequinha Lima, por buscar esse benefício para essas comunidades, agora eles estão com as tecnologias iguais da cidade, ajudando muito na comunicação”, destacou.

O Prefeito Zequinha Lima destacou a importância de oportunizar novas formas de comunicação para as comunidades mais isoladas.

“A comunicação antes se dava apenas pelo rádio, quando alguém estava aqui na cidade e queria transmitir uma informação para algum morador do rio precisava usar a rádio, agora eles terão uma facilidade tecnológica, ajudando na comunicação, e de forma bem mais rápida. Estou feliz em ver esse benefício chegar para quem mais precisa. Em breve as demais comunidades também serão atendidas”, finalizou o prefeito.

Como funciona

O Programa Wi-Fi Brasil é voltado para comunidades mais distantes, rurais e ribeirinhas, onde são instaladas antenas e roteadores em locais específicos, como escolas, assentamentos rurais, unidades básicas de saúde, aldeias indígenas, ou em praça pública com acesso e livre e gratuito ao público em geral.

Os pontos de conexão com a internet geram velocidades de conexão que variam entre 10 e 20 megabites por segundo. As antenas do Wi-Fi Brasil recebem o sinal enviado pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), equipamento brasileiro que fica a 36 mil quilômetros de distância da Terra.

O SGDC entrou em órbita em 2017 e é o único satélite brasileiro com capacidade de fornecer conexão de internet banda larga de alta velocidade em qualquer parte do território nacional. De uso misto, civil e militar, o satélite também dá apoio às atividades das Forças Armadas em projetos estratégicos de defesa nacional.




0 comentário