top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Prefeito Zequinha Lima anuncia reajuste para a Educação com pagamento do piso nacional



Em uma reunião histórica  com a classe da educação na manhã desta quinta, 29, o prefeito Zequinha Lima anunciou o pagamento do piso Salarial 2024 e o retroativo de 2023 representando um investimento de mais de R$2 milhões na valorização profissional da educação.


Durante o encontro, que contou com a presença de educadores, servidores administrativos e gestores municipais, o prefeito destacou o compromisso da administração em promover avanços salariais e valorização dos profissionais da educação. Enfatizou que nos últimos três anos, a gestão municipal conseguiu um reajuste salarial de 81% para os efetivos e 108% para os provisórios, em um esforço considerável para garantir melhores condições para aqueles que atuam na área.


O coordenador pedagógico da escola Terezinha Saavedra, Antônio Pinheiro, expressou sua satisfação com o anúncio, enfatizando a importância desse reajuste para a valorização dos profissionais do setor. Ele destacou o esforço da gestão municipal, liderada pelo prefeito Zequinha Lima, em reconhecer o trabalho dos funcionários e garantir uma educação de qualidade para o município de Cruzeiro do Sul.


“Esse momento representa o esforço da gestão municipal, na pessoa do prefeito Zequinha Lima, que credibilidade e responsabilidade com a educação o compromisso de avança com a educação de qualidade. Toda a remuneração é bem-vinda e essa remuneração já era esperada por nós. Hoje é um dia feliz para todos os funcionários porque passa a ter uma data prevista para a gente receber”, contou


O Secretário Municipal de Educação, Edvaldo Gomes, ressaltou a relevância do momento, destacando que o anúncio não apenas contempla os professores efetivos, mas também os servidores provisórios, evidenciando o compromisso da gestão com toda a categoria. Gomes detalhou que o pagamento do retroativo do piso de 2023 será feito em duas parcelas, sendo 50% em março e os outros 50% em abril, trazendo alívio financeiro para os profissionais.


“Esse foi mais um anúncio que o prefeito Zequinha Lima apresentou aqui de cumprimento do piso de 2024 para toda a categoria, envolvendo inclusive os servidores provisórios, os professores no momento em que eles retornarem para a folha. E além disso, o cumprimento da tabela do servidor de apoio, de acordo com o plano de carreira. A outra coisa é o anúncio também de pagamento do retroativo do piso de 2023, 50% dele agora em março e os outros 50% a partir de abril. É uma notícia boa, daqui a pouco as pessoas já vão receber o salário com o reajuste, o piso relacionado a fevereiro desse ano de 2024 e em março eles vão receber o janeiro do piso desse ano e mais metade, 50% do piso do ano passado. A gente fica feliz de poder estar anunciando aqui para a categoria da educação da rede municipal”, pontuou.


O prefeito Zequinha Lima reiterou o compromisso da administração em investir na educação, evidenciando o aumento significativo no percentual de recursos destinados ao pagamento de salários, que passou de 70% para quase 96% do montante arrecadado pelo Fundeb. Ele enfatizou que esse esforço visa garantir que os profissionais da educação tenham remuneração digna e reconhecimento pelo seu trabalho.



A gente tem feito um esforço muito grande, não só na educação, mas em todos os setores da prefeitura, que é fazer sempre discutir com a categoria os avanços salariais, de plano de carreira e salário, de cargos, de salário, os avanços nas questões estruturais. A educação tem sido um dos setores que mais nós avançamos nos últimos três anos, os efetivos tiveram com um reajuste de 81%. Os provisórios, ao longo desses três anos, um reajuste de 108%. Há um esforço muito grande da gestão de garantir que a categoria da educação pudesse também ter esses avanços. Estamos felizes em anunciar o início do pagamento do piso nacional aos professores. Agora no mês de janeiro, pagando o retroativo no mês que vem e no mês que vem pagando metade do retroativo do piso do ano passado, em 2023. Só esse montante de retroativo equivale a dois milhões e meio de reais. É um esforço muito grande que a prefeitura tem feito, a Secretaria de Educação, para que a gente possa estar cumprindo com os pisos das categorias que nós temos. Já estamos, na nossa gestão, quando assumimos, gastávamos apenas 70% em pagamento de salário do recurso do Fundeb. Hoje nós já chegamos a quase 96% de tudo que a gente arrecada para pagamento de salário. Porque houve avanços salariais na categoria da educação”, destaca o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima.




コメント


bottom of page