top of page

Prefeitura de Cruzeiro do Sul governo do Estado e SEBRAE impulsionam o cooperativismo junto aos produtores de farinha



A Prefeitura de Cruzeiro do Sul em parceria como governo do Estado e SEBRAE realizou neste sábado, 3, uma capacitação junto aos produtores de farinha para fortalecer a organização deles e o cooperativismo. O objetivo é potencializar o empreendedorismo rural e assegurar que os produtores tenham força de negociação junto ao mercado.


A capacitação prepara os produtores rurais para a comercialização mais eficiente, com agregação de valor à farinha, impulsionando a produtividade e abrindo novas portas comerciais.


Maria José, Presidente da Central das Cooperativas do Vale do Juruá, explica que a união dos produtores na Central, os potencializa.


“Agregar valor à farinha é dar melhor qualidade de vida para o produtor rural. O intuito é trazer as cooperativas a se afiliar à Central Juruá, que abrange Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Porto Walter, e Marechal Thaumaturgo. O objetivo é  ter a  farinha  comercializada só pela Central Juruá. Porque aí nós temos força", ponderou.


José Oliveira do Nascimento, o Zeca, um dos produtores de farinha mecanizada e conselheiro da Central de Cooperativas, diz que por meio das  cooperativas, a farinha consegue maior valorização. " Ainda não tinha esse consenso das associações cooperativas junto á Central. Eu como um dos conselheiros da Central das Cooperativas, ainda não tinha visto um movimento que agregasse o valor da farinha, dos demais produtos derivados da mandioca e agora a expectativa é exportação e vendas pela central da cooperativa. Agora com o prefeito Zequinha Lima, juntamente com o Sebrae, a Central, e  EMATER, vamos crescer", relatou


O Secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Eutimar Sombra, destaca que a gestão do prefeito Zequinha Lima tem organizado e fortalecido os produtores.


“A gente tinha no início da gestão, 22 associações e cooperativas. Hoje, temos 85 cooperativas e associações, e estamos abrindo mais. E aí há a necessidade de fazer essa capacitação do entendimento do cooperativismo.

Essa parceria entre SEBRAE e Prefeitura, com um prefeito empreendedor, capacitando o terceiro setor para gerar emprego e renda na Zona Rural.  estamos hoje iniciando esse trabalho de agregar mais cooperativa e mais associação à central da farinha.  Quando eles se unem, facilita o trabalho do poder público, facilita a central a levá-los até outros valores de mercado. E é o trabalho da central comprar esse produto, principalmente da farinha, com preço de mercado e buscar mercado fora, para que possa gerar emprego e renda dentro das cooperativas e principalmente na zona rural, nosso empreendedorismo rural”, explica.


O prefeito Zequinha Lima acompanhando  o início da capacitação neste sábado, 3, na sede do SEBRAE.  Ele ressaltou a qualidade da farinha produzida na região, mencionando a expertise dos especialistas locais e que o foco da prefeitura é fortalecer associações e cooperativas, com o acompanhamento técnico da SEBRAE, visando abrir portas comerciais e agregar mais valor à farinha fora da região.


“A melhor farinha de mandioca está aqui. Os maiores especialistas na produção da farinha estão aqui no Juruá. Agora é preciso fortalecer as associações, as cooperativas para abrir as portas comerciais. É um trabalho de fortalecimento para que possam ter mais facilidade na hora de comercializar. A valorização do produto através da cooperativa é bem maior do que se fosse comercializado por um indivíduo. O Sebrae tem esse know-how e  profissionais habilitados e preparados para dar esse suporte necessário a esse novo patamar que agora buscamos alcançar com a farinha ", conclui o prefeito Zequinha Lima.



bottom of page