Prefeitura de Cruzeiro do Sul apoia linhas de financiamento para moradores do rio Croa


Neste sábado, 19, a prefeitura de Cruzeiro do Sul intermediou uma reunião do Banco da Amazônia com moradores do rio Croa, sobre linhas de financiamento. O prefeito em exercício Henrique Afonso esteve presente na reunião, juntamente com secretária de agricultura, a secretária deturismo e empreendedorismo, representantes da secretaria de planejamento, IFAC e do Sebrae, além do gerente do Banco da Amazônia em Cruzeiro do Sul, o senhor Marlos Lino.

Marlos, falou a respeito das diferentes linhas de créditos e das facilidades que podem ser solicitadas através da secretaria de agricultura. Durante a reunião foram apontadas algumas demandas da comunidade, o que motivou o prefeito a marcar uma audiência pública para os moradores do Croa. Henrique Afonso também reafirmou o apoio da gestão aos anseios dos moradores.

“Procuramos o apoio da prefeitura porque muito já foi feito por nossa própria conta e agora precisamos de ajuda para levar para frente. Queremos fazer investimentos mais ousados e sozinhos não conseguimos gerenciar sem a base técnica. Financiamento nem é o mais importante, para nós importa mais a base técnica para desenvolver o que já estamos fazendo. Na verdade, esse projeto é para apoiar e garantir a sustentabilidade do que nós já estamos fazendo aqui: o turismo, as vivências, festas da comunidade, receber as pessoas de fora duas a três vezes por ano, etc”, explicou Davi Nunes, coordenador do projeto do Sítio São Sebastião.

“Vivemos no maior berço ecológico do mundo, somos ricos em biodiversidade, somos ricos em cultura. Temos que ser gratos por tudo isso e usar essa riqueza de maneira inteligente a nosso favor. Por isso, apoiar o turismo e todas as formas de empreendedorismo sustentável é de interesse da prefeitura. Através do corpo técnico das secretarias, podemos apoiar as comunidades a acessarem linhas de crédito e dar o necessário acompanhamento técnico aos projetos”, explicou o prefeito em exercício Henrique Afonso.




0 comentário