Cruzeiro do Sul é referência no tratamento de resíduos sólidos

Municípios vizinhos buscam parcerias para implementar política de destinação de resíduos sólidos


As ações desempenhadas pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, na destinação de resíduos sólidos, vêm chamando a atenção positivamente e servindo de referência para outros municípios.

Na quarta-feira, 02, representantes das secretarias municipais de meio ambiente dos municípios de Tarauacá e Jordão vieram até Cruzeiro do Sul conhecer de perto as ações estão sendo implementadas desde o início da gestão, para dar uma melhor destinação aos resíduos sólidos.

As ações consistem em melhorar a regularidade da coleta de lixo, implantar gradualmente a coleta seletiva através da criação de ecopontos, onde todo lixo é selecionado para uma destinação adequada.

Para esse fim foi incentivada pela prefeitura a criação da cooperativa de catadores, que atua nos processos de reciclagem, iniciativa que tem sido referência para outros municípios.

A cooperativa recebe material reciclável - papelão, alumínio, metais, eletrodomésticos, gerando diretamente 21 novos empregos. A maior parte dos funcionários foi recrutada entre as próprias pessoas que antes trabalhavam no lixão, arriscando suas vidas e saúde. A cooperativa já recebeu em ocasiões anteriores a visita de representantes dos setores de meio ambiente dos municípios de Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Marechal Thaumaturgo, além de Ipixuna, Guajará, Eirunepé e Envira no Amazonas.

“A ideia do município é fazer este intercâmbio, discutindo assuntos e dificuldades, trazendo aprendizados. Estamos trocando ideias e conhecimento com os representantes da Coopsul com o intuito de levar a cooperativa para Tarauacá para cuidar dos resíduos sólidos de nosso município”, disse Degilson Silva, secretário de meio ambiente de Tarauacá.

“Viemos para conversar com a cooperativa Coopsul, o prefeito autorizou a levar a cooperativa ao Jordão, e o secretário de meio ambiente nos recebeu muito bem para este intercâmbio entre municípios. Acredito que será importante para o Jordão pois não temos destino para o lixo”, explicou Elisandra Sampaio de Lima, coordenadora de meio ambiente do Jordão.

“Estamos nos tornando referência para outros municípios do Acre mesmo de fora do estado. E temos o interesse em levar essa cooperativa para outros municípios. Cooperativa esta que foi criada nessa gestão para qual foi dado o curso de cooperativismo de se organizar administrativamente hoje funciona graças a esse apoio a prefeitura de Cruzeiro do Sul. Queremos levar essa experiência para servir a outros municípios. Estamos trocando ideia com representantes da coopesul para levar para Tarauacá e Jordão e ajudar a cuidar dos resíduos sólidos”, explicou o secretário municipal de meio ambiente Ygoor Neves.




0 comentário