top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Projeto de Lei que garante insalubridade aos servidores da saúde de Cruzeiro do Sul é aprovado


A gestão do prefeito Zequinha Lima tem um olhar todo especial para os servidores, diante disso, foi encaminhado à Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul o projeto de lei que permite o pagamento da insalubridade a mais de 700 profissionais de saúde.

A Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul já vem pagando a insalubridade há 2 meses através da Medida Provisória.


Nesta quinta-feira a Câmara de Vereadores aprovou o projeto de lei que garante o pagamento da insalubridade aos servidores da saúde. São 280 mil reais de recursos próprios investidos pela gestão municipal mensalmente, como explica o prefeito em exercício Henrique Afonso.


"Estamos valorizando nossos servidores pagando a insalubridade dos nossos profissionais de saúde. Há dois meses pagavamos através de Medida Provisória e hoje a Câmara aprova o projeto de lei que obriga o pagamento de 20% de insalubridade a esses profissionais. Muito obrigado a Câmara Municipal, aos nosso vereadores que garantem esse adicional aos nosso servidores, são 280 mil reais de investimento próprio que estaremos investindo com nossos servidores da saúde”, disse Henrique Afonso.


O vereador Gilmar Giles, enfermeiro disse que a insalubridade é uma conquista da categoria e que irá melhorar muito a vida dos servidores.

"Aprovamos esse importante projeto que trata da insalubridade dos profissionais de saúde. Estamos muito felizes com esse avanço. Parabenizamos a gestão do Prefeito Zequinha Lima pela valorização dos nossos profissionais de saúde que conseguiram mais essa conquista”, finalizou o vereador.



תגובות


bottom of page