top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Prefeitura de Cruzeiro do Sul vacina pessoas de 10 a 59 anos contra a dengue




A prefeitura de Cruzeiro do Sul, que recebeu 3 mil doses de vacina contra a dengue, iniciou neste sábado, 6, no Copacabana Shopping, a campanha de imunização contra a doença para pessoas 10 a 59 anos de idade.


" A princípio a vacina seria para a faixa etária de 10 a 14 anos, mas, devido à logística com nossos profissionais aqui, incluindo médico, enfermeiro, com a grande procura pela imunização e como nosso município sempre é referência em campanhas de vacinação, ampliamos para as pessoas de 10 a 59 anos", explicou o secretário de Saúde de Cruzeiro do Sul, Áureo Neto.



A professora Jamile Neri levou a filha ao shopping e aproveitou para tomar a vacina também.


"Eu vim trazer minha filha para evitar a doença porque tem casos gravíssimos de dengue hemorrágica que causam mortes. Eu me  senti privilegiada em poder tomar também porque todos querem se imunizar contra essa doença", disse Jamile


Luci Marques da Silva, de 40 anos, foi ao shopping sem saber que poderia tomar a vacina mas não perdeu a oportunidade de se imunizar. " Eu já tive dengue e foi pior do que uma malária. A gestão do prefeito Zequinha Lima está de parabéns por abrir essa vacina para os adultos também", relatou ela


As equipes imunizaram quem foi ao shopping das 16 às 21 horas. As doses que não foram aplicadas neste sábado, serão colocadas à disposição da população nas unidades de saúde do município.


"A partir de segunda-feira,8, as vacinas que não forem aplicadas serão distribuídas em todas as unidades de saúde, das  zonas urbana e rural. Vamos aplicar todas as 3 mil doses que foram destinadas para nosso município", disse Áureo.



A secretaria de Saúde distribuiu doces e salgados para quem foi ao shopping tomar a vacina contra a dengue.


Redução de casos de dengue


O município de Cruzeiro do Sul apresenta constante queda no número de casos de dengue. Houve uma redução de 52% de 2022 para 2023. Nos primeiros meses deste ano os números seguem em baixa.  Em janeiro foram confirmados 102 casos e em fevereiro foram diagnósticados apenas 15 pacientes com a doença.



Comentarios


bottom of page