• Assessoria de Comunicação

Zequinha Lima assina Decreto de Emergência Nível II devido enchentes dos rios

O nível do Rio Juruá está a 1m e 2cm acima da cota de transbordamento.


Devido às grandes chuvas na região, os rios de Cruzeiro do Sul estão sofrendo acentuada elevação do nível das águas e transbordando. Pelo menos 55 famílias já tiveram que ser retiradas de suas residências. Na manhã desta terça-feira, 16, o prefeito Zequinha Lima, junto com a Defesa Civil Estadual e Municipal e demais instituições assinou o Decreto de Emergência II, em razão das alagações. Durante a coletiva de imprensa realizada na Defesa Civil, o prefeito abordou a situação atual do município. Nesta manhã o Rio Juruá registra a marca de 14, 02 metros. Aproximadamente 25 mil pessoas já foram afetadas.



Desde o início da gestão, o Prefeito Zequinha Lima montou um plano de contingência para atuar diante do agravo e atender as pessoas atingidas pela enchente.


“Estamos com o nível do rio com mais de 1 metro acima do nível de transbordamento e precisamos da ajuda de todas as instituições. É por isso que estamos assinando o decreto de emergência nível II, para que possa ser homologado pela Defesa Civil Estadual e Nacional, para que os moradores possam receber os benefícios desse decreto,” destacou o Prefeito Zequinha Lima.


O coordenador Estadual Eudemir Bezerra, relatou que o decreto precisa ser reconhecido o mais rápido possível para ajudar muitas famílias. “Estamos em uma situação bem difícil, podemos ter a maior alagação em Cruzeiro do Sul, estou acompanhando a situação de todos os municípios e viemos ajudar os prefeitos nesse momento,” disse ele.


De acordo com o boletim da Defesa Civil do município já são 10 bairros atingidos pelo transbordamento da água dos rios. O coordenador José Lima explicou que as equipes estão prestando todo apoio.


“Já temos 10 bairros atingidos, estamos trabalhando intensamente desde os primeiros indícios da alagação e já abrigamos 50 famílias, e hoje estamos trabalhando para ajudar muitas outras”, enfatizou.



0 comentário