top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Prefeitura leva informações sobre Lei Paulo Gustavo nas comunidades indígenas

A secretaria municipal de cultura realizou nesta quinta, 30, uma primeira escuta sobre a Lei Paulo Gustavo junto às comunidades indígenas de Cruzeiro do Sul. O objetivo é levar informações que facilitem o acesso dos indígenas aos recursos previstos na Lei Paulo Gustavo, cujo edital deve sair em breve. A prefeitura por meio da secretaria irá enviar equipes até as aldeias para facilitar a escrita dos projetos.


“Temos a agradecer ao secretario de cultura, Aldemir Maciel por trazer informações importantes sobre a Lei Paul Gustavo que podem ser uma ferramenta importante para incentivar nossa cultura. Trabalhamos várias áreas de cultura, como música, dança medicinas tradicionais e é a primeira vez que as 11 aldeias serão contempladas. Essa na verdade é uma aprendizagem para divulgar nosso trabalho na cultura” disse Adriano Katukina, cacique geral do povo Noke Koi.


“Essa é uma cultura que já nasce com a gente, com o nosso povo e desse muito cedo eu trabalho com ela. Talvez por isso me colocaram nessa função de ser uma ponte entre o povo Noke Koi e a prefeitura para trazer esses benefícios para a Terra Katukina. Estamos preparando para entrar no edital com projeto para jovens lideranças Shaná (cantores tradicionais). Meu sonho é defender buscando nossa juventude para a cultura, usando para isso os editais nas áreas de música, dança, pintura corporal e etc”, disse Carlos Katukina, Shaná (cantor) e articulador da secretaria municipal de cultura junto ao povo Noke Koi.


A prefeitura vem buscando ampliar cada vez mais a participação do povo Noke Koi (Katukina) junto à gestão, com destaque nas áreas de produção e cultura.  Reconhecendo a comunidade indígena como importantes produtores culturais de Cruzeiro do Sul, a secretaria irá facilitar o acesso aos recursos previstos na Lei Paulo Gustavo, trazendo informações e enviando equipes para ajudar na escrita dos projetos. O povo Noke Koi também irá indicar dois conselheiros para o Conselho Municipal de Cultura.


“Por determinação do prefeito Zequinha estamos realizando esta primeira escuta na comunidade katukina e trouxemos lideranças de cada comunidade para explicar como podem obter acesso à lei Paulo Gustavo. Além disso teremos dois conselheiros indicados para o Conselho Municipal de Cultura. A Lei Paulo Gustavo é uma lei federal que deve em breve ser lançada em todo Brasil e é dever das gestões publicas realizar as escutas com os segmentos culturais e artísticos. E esta primeira escuta acontece exatamente com as comunidades indígenas, com o objetivo de explicara como terão acesso para que a gente possa fazer editais simples para atender às comunidades. Podem surgir dificuldades de acesso na escrita do projeto, por isso nossa equipe irá prestar para toda assessoria desde a execução até a prestação de contas”, disse o secretário Aldemir Maciel.




Comments


bottom of page