Prefeitura encaminha projeto de lei que cria coordenadoria de políticas públicas para mulheres



Durante sessão realizada na última semana, na Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, foi apresentado o projeto de lei para criação da coordenadoria de políticas públicas para mulheres.


A sessão teve a presença da primeira-dama Lurdinha Lima, da desembargadora Dra. Eva Evangelista, da diretora de políticas públicas do Estado Isnailda Gondim e do delegado Rômulo Barros e autoridades do judiciário que trabalham com a pasta.



O projeto de lei tem como finalidade assegurar a autonomia das mulheres e promover a igualdade de gênero, respeitando as políticas já existentes e ampliando os direitos.


A primeira dama Lurdinha Lima destacou a importância da lei para o município.


“Quero agradecer ao prefeito Zequinha Lima pela sensibilidade com o assunto, porque ele é importante para nós, e esperamos conseguir alcançar cada desafio”, disse ela.


Sergiane Silva que é a coordenadora de políticas públicas para mulheres no município pontuou: “Estamos no Agosto Lilás que está ligado a nossa pasta, e o município já está desenvolvendo atividades importantes durante todo esse mês e essa lei agora é uma garantia da sensibilidade por nossas mulheres,” ressaltou ela.



A desembargadora Eva Evangelista endossou que esse é um momento de impulsionar ainda mais a igualdade de gênero. “Essa compreensão de todos é fundamental para garantirmos os direitos das mulheres,” frisou.


“Durante muito tempo Cruzeiro do Sul não tinha um mês voltada para tratar um assunto tão importante, então, foi essencial a câmara receber esse projeto e já sinalizar para a votação, principalmente por ser um espaço de homens”, finalizou Isnailda Gondim diretora de políticas públicas para mulheres do Estado.

0 comentário