Prefeitura em alusão ao Junho Violeta realiza palestras nas Vilas do Município



Mês dedicado ao combate da violência contra o idoso é tema de ação da gestão municipal


Na manhã desta sexta-feira,18, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, realizou na Vila Liberdade uma palestra em referência ao Junho Violeta, que é o mês alusivo ao dia em 15 de junho, no qual é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa.


A data foi criada em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES), com o objetivo de sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa idosa.


De acordo com a coordenadora do Centro do Idoso, Graziela Ramos, é muito importante a conscientização das pessoas.


“Esse é o momento em que intensificamos as ações para falarmos sobre o tema e, por isso, elaboramos essa campanha em que estamos indo nas vilas e pontos estratégicos da cidade, conversar e distribuir material informativo para sensibilizar as pessoas sobre o assunto”, destacou a coordenadora.


A ação foi desenvolvida no posto de saúde Adalto José Batista e além da palestra teve música ao vivo, atividade física, dinâmicas de grupo e contou com a presença da subprefeita Maria Renilda ‘conhecida como Branca’ e da primeira-dama Lurdinha Lima.


A primeira-dama Lurdinha Lima enfatizou sobre o cuidado que é preciso ter com a maior idade. “É muito importante essa conscientização, porque os nossos idosos merecem todo o nosso carinho e respeito”, disse ela.


A subprefeita Maria Renilda agradeceu a equipe e ao Prefeito Zequinha Lima pela dedicação. “É muito bom podemos ter aqui ações como essas, ficamos felizes em ver o empenho dessa gestão em trazer ações como essas para os nossos idosos, só temos a agradecer”, pontou Renilda.


As palestras estão sendo realizadas durante todo o mês, e a programação será desenvolvida em todas as vilas do município.


DISQUE 100


O Disque 100, o aplicativo Direitos Humanos Brasil e o site da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos oferecem serviços gratuitos e funcionam 24 horas por dia, inclusive em feriados e finais de semana para receber denúncias e dar orientações.


Galeria de Fotos


0 comentário