top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Prefeitura e Associação de Moveleiros realizam a 1ª Feira do Setor Moveleiro em Cruzeiro do Sul: "Arte da Floresta do Setor Moveleiro"



A prefeitura de Cruzeiro do Sul abriu nesta quinta-feira, 21, a 1ª Feira do Setor Moveleiro do município batizada como "Arte da Floresta". O evento ocorre até sexta, no Polo Industrial da cidade, Estrada Velha do Aeroporto das 9h às 21h.



A feira é resultado de uma parceria entre a Associação dos Moveleiros e a Prefeitura com o objetivo de promover o crescimento econômico local e dar visibilidade à produção moveleira da região. Para João Evangelista, presidente da Associação dos Moveleiros de Cruzeiro do Sul, a feira representa uma oportunidade única para que as empresas locais possam expor seus trabalhos à sociedade.



“Esse evento é muito importante porque a gente tem condições de divulgar nossos trabalhos para a sociedade. As nossas empresas eram no centro da cidade, todo mundo tinha condições de ir lá porque era mais perto. Com o Polo Moveleiro, as empresas se tornaram mais distantes, tem muitas pessoas dentro da sociedade que não vieram fazer visita no Polo Moveleiro, tem uns que nem conhecem. Essa feira dentro do Polo Moveleiro está trazendo uma condição de que as pessoas tenham mais vontade de vir participar da feira e nós temos condições de mostrar a produção dos móveis, a qualidade dos produtos, tirar dúvidas dos clientes para que ele possa comprar um produto com certeza que aquele produto tem qualidade. A gente também vem agradecer as parcerias, porque uma feira dessa, a gente conversou ano passado com o Zequinha, e aí juntou as instituições e hoje está sendo realizada uma feira desse tamanho, trazendo uma divulgação nem só do município, mas para todo o Brasil. Então isso é muito importante”, pontuou.


A diversidade de empresas participantes na feira proporciona aos visitantes uma ampla gama de opções de móveis, desde mesas e cadeiras até móveis planejados e sob medida. A qualidade e a habilidade dos marceneiros locais são evidenciadas pelos produtos expostos, alguns dos quais já ganharam reconhecimento fora do município, sendo exportados para outras regiões.


Joanison Ferreira, que trabalha na área de marcenaria há 27 anos, destaca a importância do evento para aproximar o setor moveleiro do público e oferecer descontos especiais aos visitantes. Ele ressalta ainda que a feira é uma oportunidade para os clientes encomendarem móveis sob medida e planejados diretamente com os fabricantes locais.

“Muita gente na nossa cidade ainda não conhece o setor mobiliário. Então o objetivo dessa feira é fazer com que ela chegue até o nosso cliente, que chegue até os que não conhecem o nosso setor. Muita gente compra móveis de outras cidades que podemos produzir aqui. Cada pessoa que vem nos visitar, vai sair satisfeito, e vai encontrar muita coisa aqui, muita variedade. E se você quiser fazer sua encomenda também, você pode", destacou.



O prefeito Zequinha Lima anunciou que a Feira será anual. Reforça o compromisso da administração municipal em valorizar a arte e a habilidade dos moveleiros da região. Ele convida a população a prestigiar o evento, enfatizando a oportunidade de conhecer de perto a qualidade e a beleza dos móveis produzidos em Cruzeiro do Sul. " A gente sabe da importância dessa arte aqui na nossa região. E nada melhor do que a gente ter um espaço, um momento como esse. Nós estamos instituindo esta feira em parceria com muitas instituições, para que isso aqui possa ser, a partir de agora, um evento que possa funcionar todos os anos. É o momento que a gente pode apresentar para a sociedade o que temos de melhor produzir aqui no Polo Moveleiro. E nada melhor do que trazer as famílias para cá  para verem de perto a arte feita no dia a dia dos nossos marceneiros aqui em Cruzeiro do Sul. Até sexta-feira teremos aqui belíssimos móveis à disposição para que possam mostrar para a sociedade. Quem quer trocar um móvel da sua casa, é só vir aqui e prestigiar essa feira e ver o que é que nós temos, e ver as belezas que são produzidas a partir da madeira, a partir da arte e da habilidade dos nossos marceneiros", convidou o prefeito.





Comments


bottom of page