top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Prefeitura de Cruzeiro do Sul já abriga 318 pessoas em 9 abrigos



Com o avanço das águas do Rio Juruá,  que mede 14,03 metros nesta sexta-feira, 8, a Prefeitura de Cruzeiro do sul intensificou as ações de remoção e realojamento das famílias que tiveram que deixar suas casas. já são 19. 694 pessoas diretamente atingidas pelo aumento do nível do manancial, sendo que dessas, 78 famílias estão nos abrigos montados pela gestão e 35 se encontram em casa de parentes ou familiares. Neste momento, estão sendo atendidas nos 9 abrigos públicos, 78 famílias, que somam 318 pessoas que tem recebido  o suporte necessário das secretarias municipais.



Com a lotação das seis escolas municipais, a Prefeitura de Cruzeiro do sul conta agora com parceria do Governo do Estado para  abrigar as famílias, em unidades de ensino da rede estadual:a  Craveiro Costa, localizado no Bairro Remanso, Madre Adelgundes Becker, no Miritizal e Flordoardo Cabral, no Bairro do Colégio.



A Secretária de Assistência Social de Cruzeiro do Sul, Delcimar Leite, enfatizou a urgência de solicitar as escolas do estado para conseguir alojar todas as famílias nos abrigos e agradeceu pela colaboração.   “ Percebemos que as escolas do município não comportavam mais as famílias e tivemos que pedir as escolas do estado, que são bem maiores, para atender as pessoas afetadas pela cheia. O governo colabora tanto na mudança como na instalação dentro dos abrigos públicos e nós agradecemos  em nome  do prefeito Zequinha Lima ”, citou.


Ela destacou que as famílias estão em salas separadas para gerar maior sensação de privacidade e conforto. “


"Cada família fica em uma sala de aula. A medida é adotada desde o início da gestão do prefeito Zequinha Lima,para gerar uma sensação de bem-estar no ambiente como se estivessem em sua casa mesmo. Todas as família que entraram nas escolas, receberam um kit de limpeza e orientações para cuidarem de seu espaço até a situação normalizar“, pontuou Delcimar Leite.


As pessoas que se encontram em bairros alagados e precisarem de remoção devem acionar os bombeiros pelo 193 e a Defesa Civil  pelo número 999464079.


Comments


bottom of page