Prefeitura de Cruzeiro do Sul entrega reforma da Escola Emídio Braga de Vasconcelos

Atualizado: 25 de mai.


A prefeitura de Cruzeiro do Sul realizou, na manhã desta segunda, 23, a entrega da reforma da escola municipal Emídio Braga de Vasconcelos, na Boca da Alemanha.


A reforma realizou a troca da cobertura do prédio, que apresentava goteiras, além de pintura nova e entrega de equipamentos.


“É uma alegria imensa receber a escola nessas condições. Muito grande a diferença entre a situação em que a escola estava antes da reforma, para o que entregamos hoje. Nossa maior preocupação eram as goteiras, pois quando chovia era preciso tirar as crianças da sala de aula. A escola perdeu alunos para outras escolas em função do estado deteriorado. Agora, com a pintura, cobertura e reforma, a expectativa é de que os alunos voltem, pois a comunidade é mais próxima. Estamos todos muito gratos pela reforma: pais, alunos e funcionários”, disse a diretora Maria Dulcinéia da Fonseca.


“Esta é mais uma obra que estamos entregando. Aqui havia uma dificuldade de infraestrutura, não apenas nessas, mas em outras escolas. Houve uma decisão política de ampliar para ter condição de receber os alunos. Esta é a primeira a ser entregue para a comunidade, juntamente com computador, impressora, e outros equipamentos. Aqui estamos vendo pais, alunos e servidores animados, por ser o primeiro dia de aula depois de dois anos de pandemia sem aulas presenciais. Foi necessário muito planejamento, levando a sério o dinheiro público para poder executar bem, sempre valorizando os servidores públicos da educação, tratando com seriedade, botando os números na mesa junto ao sindicato para ter valorização profissional dos servidores, e aqui também é isso: proporcionar um ambiente escolar que seja propício para os estudantes, aconchegante ao estudante para a aprendizagem. Este é investimento que fica para o resto da vida: o conhecimento e formação desses alunos”, disse o prefeito Zequinha Lima.


Na ocasião da entrega também foi anunciado transporte escolar para a comunidade do igarapé da Onça, beneficiando cerca de 30 estudantes.


“Esse benefício do transporte chegou na hora certa, depois de muitos anos sem esse transporte para as crianças que tinham de andar até 8 km a pé”, disse Janderson dos Santos, pai de aluno e morador do igarapé da Onça.




0 comentário