Prefeitura de Cruzeiro do Sul define protocolo de ações contra Covid-19 nas escolas municipais.




O secretário municipal de educação Amarísio Saraiva e a secretária municipal de saúde Valéria Lima, participaram na manhã desta quinta-feira,07, de uma reunião para definir as ações de testagem e vacinação no enfrentamento a Covid-19 no município.


A principal preocupação da prefeitura é evitar que as escolas, agora com aulas presenciais, sejam um vetor de disseminação da Covid e de outras síndromes gripais.


A reunião aconteceu no CRIE - Centro de Referência em Inovações para a Educação - e contou com a presença do Ministério Público e Conselho Tutelar, uma vez que envolve questões de direito coletivo, o estatuto da criança e do adolescente e dos direitos dos pais.


“Buscamos nos cercar dos cuidados necessários para tomar decisões que envolvem vacinação e testagem da Covid e outras doenças. Para isso, chamamos os diretores, secretária de saúde, MP e Conselho Tutelar para formar uma corrente de ações que envolvem as pessoas nas escolas. Montamos um cronograma de atendimento e uma ouvidoria, para quem testar positivo poder se comunicar com a Saúde, e fazer a testagem imediata nas crianças que tiveram contato com aquelas pessoas e assim promover uma contenção ou ao menos desacelerar o contágio. E o mais importante: temos a vacina para quem quiser se vacinar”, explica Amarísio Saraiva.

Segundo a secretária municipal de saúde, Valéria Lima, algumas localidades, compreensivelmente, apresentaram maior rejeição para a vacinação pediátrica (abaixo de 12 anos). Em razão disso são necessárias medidas complementares de proteção à essa faixa etária.

“Sabendo dessa rejeição à vacina das crianças, marcamos reunião com os gestores de escola, para avançar na vacinação pediátrica e na redução e contenção dos vírus”, disse a secretária Valéria Lima.


“A vida escolar é algo muito importante, não apenas para a gestão, mas para toda sociedade. Por essa razão, devemos coordenar esforços e ações para buscar evitar, conter ou ao menos reduzir o contágio, pois a saúde de cada aluno, de cada funcionário, e das famílias, é uma preocupação nossa”, disse o prefeito Zequinha Lima.




0 comentário