top of page

Prefeitura de Cruzeiro do Sul dá início ao ano letivo de 2023 com solenidade na escola Darcy Bezerra


Todas as escolas da zona urbana de Cruzeiro do Sul e parte da zona rural iniciaram o ano letivo, nesta segunda-feira (20 de março). Um ato na escola Darcy Bezerra, no Bairro Aeroporto, marcou a abertura da jornada escolar de 2023 nas unidades municipais de Cruzeiro do Sul.


A solenidade reuniu os pais e os alunos da escola Darcy Bezerra que atende um universo de mais de 480 estudantes. A diretora da unidade disse que a correria  foi intensa nas últimas semanas para organizar toda estrutura para receber os alunos.


"A escola aumentou bastante a quantidade de alunos e, por conta disso, tivemos uma correria maior, pois precisamos de um apoio da secretaria para a construção de uma nova sala para podermos atender essa quantidade de alunos. Agora estamos apenas com a demanda de alguns funcionários, mas está tudo dentro do controle e conseguiremos iniciar o ano letivo, pois estão sendo feitas as contratações pela Secretaria de Educação", assegurou a gestora Elisângela Braga.



O município tem 108 unidades de ensino que recebem, este ano, pouco mais de 1500 alunos. Para preencher todo quadro de pessoal, a Prefeitura realizou um processo seletivo e convocou mais de 600 servidores.


"O prefeito Zequinha Lima determinou que fizéssemos todo esforço para que, neste ano, as coisas transcorram dentro de muita normalidade. Nossa meta é terminar o ano letivo de 2023 dentro do ano para que os professores possam ter seus 45 dias de férias e não iniciar um ano enquanto está sendo encerrado o outro", afirmou o secretário Amarisio Saraiva.


De acordo com o secretário, apenas nas unidades de ensino das comunidades mais distantes, de difícil acesso no período de chuvas, as aulas não tiveram inicio nesta semana. Nesses locais a previsão para começo do ano letivo é no dia 03 de abril.


"As escolas de mais distantes têm outra logística  e isso demanda de um tempo a mais para organização, por isso vamos começar em abril, até porque, temos que levar em consideração as questões das condições climáticas", falou Amarisio.



bottom of page