Prefeitura de Cruzeiro do Sul cria "Sala de Situação" durante a cheia no Rio Juruá

Reuniões acontecem todos os dias para planejar o trabalho no apoio às vítimas da alagação


Com o agravamento da cheia no Rio Juruá, a prefeitura de Cruzeiro do Sul passou a reunir todas as equipes e secretarias, diariamente, com a presença do prefeito Zequinha Lima e do vice-prefeito Henrique Afonso.

Os encontros, que acontecem sempre no final do dia, no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) e servem para planejar ações e detalhar a função que está sendo executada por cada equipe no apoio aos afetados e aos que já estão em casa de parentes, aluguel social e nos abrigos.

O governo do estado está presente no município de Cruzeiro do Sul, trabalhando com a prefeitura durante a cheia. A secretária de estado e assistência social, Ana Paula Lima, comentou a reunião de trabalho: "Tivemos uma reunião importante para alinhar e planejar. Nossa estrutura de governo está toda montada aqui, como pediu o nosso governador, e vamos ajudar a prefeitura para que, juntos, a gente supere esse problema da enchente", disse Ana Paula.

Quem também falou sobre o trabalho que vem sendo realizado, foi a secretária adjunta executiva da Sesacre, Muana Araújo: "A gente veio aqui para dar um apoio direto, estabelecer parceria com a prefeitura e ajudar da melhor forma possível". E seguiu: "São diversas secretarias envolvidas para dar todo apoio nesse momento complicado. Sabemos o tamanho do problema, mas estamos aqui para minimizar os impactos e auxiliar na resolução", explicou a secretária.

O prefeito Zequinha Lima agradeceu o apoio e destacou a importância da união em momentos delicados como uma grande cheia: " Não posso deixar de agradecer o apoio de todos, em especial do presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior e do nosso governador Gladson Cameli, que tem sido parceiro de todas as horas. E seguiu: "Nós estamos muito atentos, monitorando as águas - 24 horas por dia - e trabalhando no apoio às mais de 28 mil pessoas que já foram afetadas. Vamos trabalhar muito, sem descanso, para minimizar o sofrimento da nossa população", garantiu Zequinha.




0 comentário