Prefeitura de Cruzeiro do Sul apoia Energisa por melhores condições para famílias de baixa renda


Servidores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social participaram, no sábado (28), do projeto Energisa na Comunidade, que visa negociar as dívidas em atraso e identificar as famílias de baixa renda que têm direito a tarifas mais acessíveis. Para ter acesso às vantagens, o consumidor tem que estar registrado no cadastro único da prefeitura.

A equipe do município teve a missão de atualizar os dados das famílias que estavam com as informações incorretas, e também de inserir no cadastro aquelas que ainda não faziam parte do programa.

"A assistência social sempre entra como parceira referente a tarifa social de energia elétrica, devido toda família inserida no CAD Único, se tiver uma renda per capita de até um salário e meio e um consumo que não ultrapasse 220 kw, tem direito a um desconto referente ao seu consumo. Quanto menos ela gastar, maior é o desconto e, para isso, ela precisa ter o cadastro e mantê-lo atualizado", explicou a secretaria de Desenvolvimento Social Delcimar Leite.

Durante o dia de atendimento, mais de 30 famílias foram inseridas no CAD Único ou tiveram seus dados atualizados, e devem ter direito a tarifa de energia social.

"As famílias precisam também ser cadastradas nesse programa da Energisa, se não estiver, a gente disponibiliza o número do NIS pra elas e na mesma hora elas fazem esse cadastro. Para fazer, além do NIS, tem que apresentar talão de luz no nome de um dos integrantes da família, a identidade e o CPF", finalizou a assistente social Sandra Soriano.



0 comentário