Prefeitura avança com mecanização agrícola na zona rural


A Prefeitura de Cruzeiro do Sul através da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento vem dando continuidade aos trabalhos de mecanização agrícola que vem ocorrendo desde o início do verão amazônico (maio-setembro).


Graças ao recebimento de novos equipamentos e ao planejamento da secretaria, foi possível ampliar o alcance da mecanização na zona rural do município.


Segundo a secretária Aldeni Menezes, as nove equipes de mecanização estão divididos em polos rurais:

“São dois tratores na BR 364 que atendem as vilas Santa Luzia e Lagoinha, com como os ramais adjacentes. Outros dois na vila São Pedro, dois na Vila Santa Rosa e dois no Deracre-Assis Brasil e um na BR 307, sempre buscando atender os ramais de cada um desses polos”, explica.


Até o momento neste ano foram 1.469 horas trabalhadas mecanizando 817,5 hectares que atenderam a 602 famílias.

A secretária destaca ainda a importância da mecanização agrícola para a questão ambiental: “a mecanização proporciona o preparo do solo (aração e gradagem), o que condiciona o desenvolvimento da atividade agrícola familiar sem o uso do fogo e evitando derrubada da floresta”, explica Aldeni.


Além disso, a mecanização também facilita o trabalho do produtor, trazendo ganhos no tempo de produção: “com a mecanização, as etapas que antecedem ao plantio são aceleradas, tem-se redução de mão de obra e otimização do tempo para o plantio e ampliação das áreas produtivas”, conclui.


“Para a gestão, apoiar aos produtores rurais é uma prioridade e a mecanização agrícola tem sido há anos uma das principais demandas dos pequenos e médio agricultores. No ano da pandemia, este serviço foi bastante prejudicado devido às restrições de circulação e isolamento social, mas felizmente este ano pudemos avançar bastante, graças ao planejamento realizado com antecedência”, explicou o prefeito Zequinha Lima.




0 comentário