top of page

Prefeito Zequinha Lima participa de reunião que define novas ações de combate a crimes contra o patrimônio em Cruzeiro do Sul



A Associação Comercial do Alto Juruá realizou nesta segunda-feira,23, com a participação do prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, da vice-governadora Mailza de Assis e do secretário de Segurança, Coronel José Américo, uma reunião para discutir o aumento de roubos e furtos no centro da cidade e ações emergenciais no combate aos crimes contra o patrimônio.


Para o vice-presidente da Associação Comercial de Cruzeiro do Sul, Assem Cameli, parte da resposta passa pela questão dos moradores de rua.


“Esses pequenos furtos são feitos por essas pessoas que estão na rua. Espero que a gente consiga resolver muitas coisas a partir dessas ações que o governo do Estado vai trazer para a nossa cidade”, citou


A representante da Federação das Indústrias, Janaína Terças, sugeriu que prédios públicos  desocupados na cidade,  passem a abrigar instituições. Cita como  exemplo o antigo T.R.E, atualmente ocupado por moradores de rua, que poderá abrigar a sede da Secretaria das Indústrias.


“Já há algum tempo se faz essa reclamação sobre aquele ponto do antigo T.R.E que hoje é ocupado por pessoas em situação de rua. Eu conversei com o secretário-adjunto da indústria e ele ficou bem interessado em ocupar esse espaço com a uma representação da secretaria de indústria aqui no Juruá", relatou.


O Prefeito Zequinha Lima destacou o trabalho que a gestão vem realizando no sentido de cuidar dos moradores de rua, mas enfatiza que é necessária a união entre diversas esferas do poder público na busca de soluções para o problema.


“ Essa questão dos roubos, dos assaltos traz  insegurança para os comerciantes, para a população como um todo. Uma conversa como essa aqui, é importante  porque a questão da segurança é um problema de todos nós. No município, a gente tem procurado dar uma resposta satisfatória. Hoje nós temos uma rotatividade de moradores de rua muito grande. Nós temos hoje, através do CREAS, sete assistentes sociais, dois psicólogos, quatro motoristas, para fazer esse trabalho de cadastro e acompanhamento. Todos os dias a gente atualiza esse cadastro. Nós temos hoje cadastrados 74 moradores, pessoas que moram na rua hoje em Cruzeiro do Sul. Desses 74, nós já conseguimos levar nos últimos 365 dias, 37 pessoas para as casas terapêuticas com as quais temos convênios. Senão, esse problema estaria maior ainda. Só que poucos recuperam. Seis conseguiram se recuperar e voltar para o seio da sua família. Então, é um trabalho de formiguinha que precisa ser feito. Aqui a gente tem a garantia do Secretário de Segurança, da Vice-Governadora, de que vai haver uma investida maior do Governo do Estado no sentido de que a gente possa combater também essa criminalidade. Então aqui eu quero parabenizar a Associação Comercial, o Governo do Estado e as instituições que estão preocupadas com o bem-estar do cidadão cruzeirense do município”, ressaltou o prefeito, lembrando ainda que a gestão age de forma preventiva ao crime, por meio de investimentos na Educação, Cultura e Esporte.


Operações


O secretário de estado e segurança pública do Estado, José Américo de Souza Gaia, se comprometeu de imediato com operações para enfrentar o aumento de roubos e furtos em Cruzeiro do Sul.


De imediato o que nós vamos adotar é uma operação integrada entre as forças, utilizando tudo o que nós temos de aparato de segurança do Estado, ou seja, operações aéreas com terrestre, com o GFROM, a COE, o 6º Batalhão, a Polícia Civil, ou seja, tudo o que nós temos dentro do sistema, a gente vai dedicar para algumas operações aqui em Cruzeiro do Sul. Conseguimos no Acre reduzir em 13% os índices de mortes violentas intencionais. O que nós tivemos algumas discrepâncias em relação a roubos e furtos e onde a gente teve esse aumento a gente vai atacar com o policiamento ostensivo, preventivo e até mesmo repressivo para debelar essas ações delituosas praticadas por algumas pessoas que serão identificadas e serão presas pelo Estado. Os agentes que irão compor essas operações, virão de Rio Branco, e de outras unidades do Estado para compor. Inclusive a gente vai envolver também a Força Nacional nesse efetivo que a gente quer trazer para essas operações aqui no Juruá, especificamente aqui em Cruzeiro do Sul”, anunciou o gestor de segurança do Acre.


A Vice-Governadora Mailza Assis, reafirmou o compromisso do governo em buscar soluções para o enfrentamento à criminalidade em Cruzeiro do Sul.


“Há um pedido de socorro de Cruzeiro do Sul pela segurança pública. A nossa responsabilidade é de trabalhar, criar ações, planejar para dar uma solução a tudo isso. E nada melhor do que conversar, do que ouvir a população, ouvir os empresários, ouvir também o gestor do município, ouvir as pessoas que participam e que têm, de certa forma, a responsabilidade de agir e dar uma solução. Quero dizer que podem contar com o governo do estado. O governador Gladson Cameli recomendou toda a atenção, todo o empenho . Contem com a gente, contem com o nosso empenho. Todas essas secretarias e outras do governo do estado, a partir de agora, estarão atentas a e desenvolverão ações aqui e a gente espera ter um resultado positivo que venha de fato trazer a satisfação à população de Cruzeiro do Sul em relação à segurança e essas demais situações que foram discutidas”, concluiu a vice-governadora Mailza Assis.



bottom of page