top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Enchente do Rio Juruá: Prefeitura de Cruzeiro do Sul já mantém famílias em quatro abrigos


A Prefeitura de Cruzeiro do Sul segue auxiliando as  famílias atingidas pela enchente do Rio Juruá, que nesta quarta-feira,6,alcançou 13, 93 metros. Nos abrigos públicos há 21 famílias, sendo 9 na Escola Corazita Negreiros, 1 na Maria da Conceição, ambas no Bairro do Remanso, 6 na  Thaumaturgo de Azevedo, no Bairro do Alumínio, e 5  Irmã Diana, no Cruzeirinho Novo.


Na zona urbana 12 bairros estão alagados:  Saboeiro, Cruzeirinho, São Salvador, Manoel Terças, Lagoa, Beira Rio, Várzea, Remanso, Cobal, Miritizal, Olivença e Cohab. Na zona rural 14 comunidades sofrem os efeitos da enchente:Laguinho, Florianópolis, Tapiri, Valparaíso, Boca do Moa, Mirim, Praia Grande, Estirão do Remanso, Estirão do São Luiz, Croa, Tatajuba, Mujú, Uruberetama e Humaitá do Moa.



O prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima vai diariamente nos locais e já almoçou nos abrigos, verificando a qualidade das refeições servidas para os alojados. As pessoas recebem alimentação e assistência social e de saúde. Além das refeições prontas as famílias também receberam kits com alimentos que podem ser preparados nos abrigos.


A maior cheia do Rio Juruá foi registrada em fevereiro de 2021, quando o manancial chegou aos 14,36 metros.



Comments


bottom of page