Em Cruzeiro do Sul, servidores da saúde recebem capacitação em nutrição

Uma boa alimentação pode não apenas prevenir doenças como até curá-las em alguns casos. Problemas como hipertensão, diabetes e diarreias podem ser tratados de maneira eficiente com uma alimentação adequada. Por esta razão, agentes comunitários de saúde, técnicos, enfermeiros e nutricionistas recebem nesta quarta, quinta e sexta-feira, uma capacitação em nutrição trazida pelo Núcleo de Alimentação e Nutrição da SESACRE.


A oficina tem o objetivo de implementar e qualificar a atenção nutricional no município visando capacitar os técnicos da atenção básica sobre o Guia Alimentar para a População Brasileira como instrumento de apoio para promoção à alimentação saudável. Na oportunidade será entregue um exemplar do guia para cada unidade básica de saúde.


Os técnicos também visitaram as unidades básicas de saúde (urbana e rural) do município, com o objetivo de supervisionar a execução das atividades dos programas de alimentação e nutrição e realizaram uma reunião técnica sobre os processos de trabalho com o coordenador de atenção básica e coordenadores de todos os programas de alimentação e nutrição do município.

Também estão sendo capacitados os técnicos quanto aos programas de alimentação e nutrição, programa nacional de suplementação de vitamina A, Bolsa Família na Saúde e Vigilância Alimentar e Nutricional.


” A alimentação é o primeiro remédio para toda comunidade, uma alimentação saudável e equilibrada além de prevenir trata doenças, e promove uma qualidade de vida melhor para a população. Estamos aqui também para treinar nos programas de alimentação do Ministério da Saúde, com o objetivo de capacitar a atenção básica melhor qualidade de informação para o usuário do SUS”, explica Madeline Guimarães, do Núcleo de Alimentação e Nutrição da SESACRE.


Uma das preocupações, é com a grande quantidade de notícias falsas sobre alimentação que circulam, especialmente, nas redes sociais.

“A nutrição é a base da vida, passa por todos os ciclos de vida. Tendo informação fidedigna, acompanhada e montada pelo Ministério da Saúde através do Guia Alimentar da População Brasileira, trazendo informação verdadeira e que pode auxiliar no cuidado, prevenção e tratamento de doenças na comunidade”, concluiu.


Segundo a nutricionista técnica da Sesacre, Isabelle Queiroz, a capacitação aborda os chamados marcadores de alimentação que oferecem um indicativo geral da saúde da população, orientando os programas e ações tanto a nível de município, quanto, também, SESACRE e MS.


“Até agora estamos falando sobre os marcadores de saúde alimentar para ver o perfil nutricional da população de Cruzeiro do Sul, conseguir detectar população com sobrepeso, obesidade, desnutrida, alimentação consumo em natura, ultra processados, processados, etc; o que permite avaliar com mais precisão e mapear a situação nutricional do município”, explica.


Parte o objetivo da oficina também é incentivar o consumo de alimentos mais naturais.


“Descascar é melhor que desembalar”, explica Daiany Silva Ribeiro, nutricionista do Núcleo de Educação em Saúde da SEMSA.


“A nutrição vem para diminuir o uso de medicamentos através de uma alimentação mais saudável, consumindo alimentos menos industrializados, mais naturais, incentivar a população a consumir alimentos mais orgânicos, e essa oficina vem para fortalecer isso”, concluiu a nutricionista.

0 comentário