top of page
  • Foto do escritorAssessoria de Comunicação

Cruzeiro do Sul realizou a 6ª Conferência Municipal de Saúde com número recorde de representantes


A Prefeitura de Cruzeiro do Sul realizou durante os dias 21 e 22 a 6ª Conferência Municipal de Saúde, no Teatro dos Náuas, com o tema “Garantir Direitos e Defender o SUS, a Vida e a Democracia. Amanhã vai ser outro dia”. A conferência contou com a presença do Prefeito Zequinha Lima.


“Esse foi um momento importante e especial para ouvir toda sociedade. Nos encontramos para discutir os caminhos, através das sugestões, e continuar a oferecer uma saúde de qualidade para nossa população. Já avançamos muito. Reformamos postos de saúde, equipamos, ofertamos medicamentos através da nossa farmácia popular, chegamos mais longe com o Programa Saúde na Comunidade e com nossa UBS Fluvial. Vamos seguir trabalhando, sempre ouvindo nossa gente”, destacou o prefeito.


Os assentos do Teatro dos Náuas, com capacidade para mais de 500 pessoas, não foram suficientes para acomodar todo o público. Foi necessário a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizar mais cadeiras alternativas para que todos que compareceram pudessem estar bem confortáveis para discutir propostas e apontar metas para melhorias do sistema de saúde do município.



O evento contou ainda com a participação de servidores do município, da Câmara Municipal, do Ministério Público, da forças armadas e órgãos de segurança, de estudantes das universidades públicas e privadas, do Conselho Municipal de Saúde, de sindicatos da categoria e de demais setores da sociedade civil organizada.


Durante os dois dias de encontro, diversos temas foram colocados em pauta para serem avaliados e para que ações que já estão sendo executadas possam apontar novos caminhos.


A secretária municipal de saúde, Valéria Lima, fez uma prestação de contas das ações da gestão municipal. Segundo ela, Cruzeiro do Sul já é reconhecido como um município que cumpre todas as metas dos programas disponibilizados pelo SUS, mas que se torna necessária a participação da sociedade para traçar os novos caminhos a serem seguidos para que a saúde possa atender da forma mais adequada a todos que dependem do Sistema Único de Saúde.


"Com a dedicação de nossos servidores, estamos sempre alcançando os melhores resultados em nossas ações. Nosso município tem sido o primeiro que atinge as metas nas campanhas de vacinação e o que mais vacina, ampliamos de forma substancial nossa capacidade de atendimento, nossas equipes de saúde estão sempre presentes de maneira em todas as comunidades rurais, urbanas e ribeirinhas, inclusive naquelas de difícil acesso, conseguimos reforçar, climatizar e estruturar a grande maioria das unidades básicas de saúde e continuamos com as obras para deixar todas bem estruradas de maneira que, temos cumprido com todas as metas que são determinadas pelo SUS. No entanto, sabemos que é importante ouvirmos toda representação popular para que as pessoas possam garantir seus direitos. Foi através das conferências que surgiram a saúde mental, a saúde do trabalhador e outras formas de atenção à saúde. Aqui surgem as propostas para levarmos à Conferência Nacional", destacou Valéria.


Além de definir metas e apontar novos caminhos para o setor da saúde, a conferência também serviu como um espaço para aprendizado. Um grande número de alunos de enfermagem e medicina das universidades do município compareceram ao evento, com a finalidade de contribuir com os debates, mas também de aprofundar os conhecimentos sobre o Sistema Único de Saúde.


"Para o ITPAC de Cruzeiro do Sul é muito importante participar desse momento, principalmente para o nosso curso que é muito balizado nos preceitos do Sistema Único de Saúde que é o maior empregador de médicos. Então, desde os primeiros momentos eles participam para conhecer o SUS e acompanham as ações para poderem entender e prestar um atendimento de qualidade à população", disse Leonardo Rodrigues, diretor do ITPAC, a única faculdade particular de medicina do município.


"A conferência de saúde foi uma forma de escutar a sociedade sobre suas necessidades de saúde e a partir do relatório dessas conferências serão elaboradas políticas públicas que vão dar respostas à essas necessidades que a população indicou", falou o professor da Ufac, Marcelo Siqueira, que é um dos palestrantes do evento.


A médica infectologista Suiane Negreiros também avalia que a conferência será fundamental para aperfeiçoar a execução do programa do Sistema Único de Saúde.


"Fico feliz em estar participando desse evento, não apenas como médica, mas também como professora e formadora de novos profissionais para mostrarmos a importância e o valor que tem o SUS para a nossa sociedade", destacou Suiane.



Comments


bottom of page