Cruzeiro do Sul apresenta seu potencial turístico em Feira Internacional de Turismo


Artesanato, produção e atrativos locais de Cruzeiro do Sul foram apresentados na I Feira Internacional de Turismo que ocorre em Urubamba, na região de Cusco, Peru.

A feira que ocorreu de 13 a 15 de outubro reuniu expositores do Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia e Equador.


O objetivo do evento é estabelecer e fortalecer rotas turísticas entre os países. A feira foi promovida pelo Governo Regional de Cusco. A região de Cusco, em que se encontram inúmeros sítios arqueológicos, incluindo Machu Picchu é considerada hoje um dos mais importantes destinos turísticos do mundo.


O Acre, por ser a rota de acesso terrestre do Brasil ao Peru, por meio da Rodovia Transoceânica, acabou tendo uma posição destacada na feira. A convite do governo do Estado do Acre, Cruzeiro do Sul e o Vale do Juruá também estiveram representados na feira.


A Secretária Municipal de Turismo e Empreendedorismo de Cruzeiro do Sul, Gleiciane Cruz esteve presente no evento.

“Um evento deste porte é uma excelente oportunidade para divulgar nossos atrativos e roteiros turísticos.  Hoje tem crescido muito o turismo de base comunitária, como no Rio Croa, e os festivais promovidos pelos povos indígenas Katukina e Puyanawa, além da Serra do Divisor”, disse a secretária.


Através de QR Code o visitante do Stand do Acre pôde conhecer um pouco das belezas de Cruzeiro do Sul e do Vale do Juruá.

“Devemos estar atentos a essa potencialidade do turismo pela importância que o segmento traz na geração de renda e desenvolvimento local”, disse a secretária.


Estima-se que existam hoje cerca de 6 milhões de pessoas empregadas no setor de Turismo no Brasil e cerca de 14,5 milhões na América Latina, sendo um dos setores que mais cresceu no último ano.


No Acre esse crescimento é perceptível e o governo do estado tem buscado mapear este crescimento. Em Cruzeiro do Sul, esta é a primeira gestão em que há uma pasta específica para cuidar deste tema.




0 comentário