...
 

Central Única recebe medicamentos e insumos diariamente




Medicamentos e insumos licitados pela prefeitura de Cruzeiro do Sul tem chegado diariamente à Central Única de Medicamentos da secretaria municipal de saúde.


O coordenador administrativo da unidade, Paulo Roberto reconhece a dificuldade na compra de medicamentos e insumos.


“Houve a desistência de muitas empresas. Com a pandemia, houve aumento significativo no valor de medicamentos e insumos, de modo que não compensava para muitas empresas fornecer medicamentos nos ternos das licitações. O processo entre cadastro de novas empresas e licitações chega a demorar seis meses. Feita a compra, esse prazo é rápido demorando 30 dias ou até menos, caso a empresa seja sediada no estado”, explica.


No entanto, os medicamentos e insumos estão chegando em grande quantidade, ocupando o espaço da unidade e deixando as prateleiras abarrotadas de medicamentos.


Segundo a farmacêutica responsável, Emanuelle Maia, cerca de 170 itens chegaram nos últimos dias. “São medicamentos psicotrópicos, para hipertensão, diabetes, e analgésicos, entre outros. De fato, houve a falta de medicamentos, pelas razões já explicadas. Mas aos poucos a situação vem sendo normalizada. Aguardamos a chegada ainda de 32 itens que estão vindo pela BR e devem ser entregues nos próximos dias”, explica Emanuelle enquanto mostra uma sessão lotada de EPIs.


Para o prefeito Zequinha Lima, a aquisição de medicamentos é uma das prioridades na área da saúde, em sua gestão.


"A gestão tem feito tudo ao seu alcance para a aquisição de medicamentos e insumos, sempre atentos em seguir à risca os processos legais. A pandemia complicou o fornecimento de medicamentos e insumos no mundo todo e aqui não foi diferente. Houve aumento de preço e dificuldade de entrega, mas aos poucos, com paciência e determinação estamos superando esse momento", explicou o prefeito.

Dispensa de Medicamentos

Além de servir como estoque e distribuição, a Central Única de Medicamentos faz também a dispensa de medicamentos mediante apresentação de receita médica e carteira do SUS, no balcão de atendimento.

A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas. A Central Única de Medicamentos continua funcionando normalmente.





0 comentário