A Secretaria Municipal de Saúde realiza atividades em alusão ao Dia Mundial contra a Tuberculose

Ações realizadas incluíram moradores de rua.


A prefeitura municipal de Cruzeiro do Sul, por meio da secretaria municipal de saúde e das coordenações de educação em saúde e vigilância epidemiológica, realizou nesta semana uma série de atividades alusivas ao dia mundial contra tuberculose, comemorado no dia 24 de março.

A tuberculose é uma doença infecciosa, que atinge principalmente os pulmões. Os sintomas mais comuns são: tosse por mais de 3 semanas, febre, suor noturno e emagrecimento.

As ações promovidas pela prefeitura consistiram em palestras e realização de testes rápidos nos abrigos temporários,nas Escolas Flodoardo Cabral, Thaumaturgo de Azevedo e Corazita Negreiros. Também foi visitado o Instituto Socioeducativo.

Neste ano, as coordenações realizaram, também, ações específicas com os moradores de rua em diversos pontos da cidade, com o intuito de prevenir algumas das doenças que acometem pessoas em situação de rua.

Foi feita uma ação para o público, envolvendo testagem e educação em saúde, e foi realizada na Praça do Centro Cultural Orleir Cameli, para o público em geral.

“Essa semana realizamos várias atividades em alusão a semana de combate à tuberculose. Foram realizadas palestras e rodas de conversas nas UBS sobre o tema. Foi realizado também palestra e coletas de exames de TB no ISE. Na quinta-feira, realizamos um atendimento e conversamos com os moradores de rua (testes rápidos e exame de TB). Na sexta, finalizamos as ações nos abrigos, realizando testes rápidos, palestra e exames de TB”, disse Rafaela Oliveira, coordenadora da vigilância epidemiológica, hanseníase, tuberculose e IST/AIDS e hepatites virais.

“O intuito das ações foi alertar a população sobre esses sinais e sintomas. Como também, informar que temos o diagnóstico e tratamento disponíveis pelo SUS, é só procurar a UBS mais próxima. Aqui em Cruzeiro do Sul, registramos 15 casos confirmados em 2021 e até agora, em 2022, já tivemos 2 casos confirmados, por isso, a importância da prevenção”, concluiu a coordenadora.

No total foram realizados 48 testes de tuberculose e outros 288 testes de Hepatites B, C e Sífilis.

A coordenadora de educação em saúde, Daiany Ribeiro, ressaltou a importância de melhor conhecer a doença para sua prevenção.

“As ações de Educação em Saúde são ferramentas importantes para a prevenção de diversas doenças e promoção de saúde. Nesta semana em combate à tuberculose, todas nossas unidades de saúde estão abordando o tema, com palestras em sala de espera. Podendo assim, orientar a população quanto a gravidade da doença, importância do exame e tratamento”, disse.

“Temos procurado na secretaria de saúde, aproveitar ao máximo essas datas que são muitas vezes nacionais ou mesmo mundiais, sobre conscientização de doenças, como o caso da tuberculose agora, para intensificar as ações de educação, diagnóstico e prevenção. Estas ações são muito importantes, pois um diagnóstico precoce facilita muito o tratamento desta doença, que em estado avançado pode se tornar muito grave e de difícil resolução. Este viés preventivo na saúde é a principal diretriz do SUS que nós, enquanto gestão municipal, temos toda a preocupação de ampliar ao máximo, até porque são doenças cujo combate coletivo é muito mais eficaz e protege a todos”, explicou a secretária municipal de saúde, Valéria Lima.

“Hoje nós temos muitos programas no SUS que ajudam a prevenir doenças graves, como é o caso da tuberculose. Nosso objetivo, enquanto gestão, tem sido o de ampliar o alcance destes programas para que mais pessoas possam ter acesso à prevenção, diagnóstico e tratamento precoce quando necessário”, disse o prefeito Zequinha Lima.



0 comentário