Ação da prefeitura faz busca ativa por não vacinados e fiscaliza normas de prevenção à Covid-19


A Secretaria Municipal iniciou, nesta sexta-feira (05), uma série de visitas nos órgãos onde há uma grande concentração de clientes e que exigem a carteira de vacinação para identificar as pessoas que ainda não completaram o ciclo vacinal. A força tarefa envolve a Vigilância Sanitária, a Coordenação de Saúde do Trabalhador, Coordenação de Saúde do Homem e o Setor de fiscalização que verifica se as normas de prevenção contra o novo coronavirus estão sendo obedecidas pelas instituições.

De acordo com a secretária de saúde, Valéria Lima, em cada órgão, ao adentrar, é exigida a carteira de vacinação do cliente. Quando ele não apresenta, os servidores da secretaria, por meio de um aplicativo, verificam se aquela pessoa já tomou a vacina.

"Quando verificamos por meio desse aplicativo que a pessoa ainda não completou seu ciclo vacinal, a gente já leva o imunizante para poder aplicar", disse Valéria.

Na manhã da última sexta-feira (04), os agentes da Secretaria Municipal de Saúde estiveram na agência da Caixa Econômica e acompanharam o fluxo de clientes. No local, 31 pessoas que ainda não tinham tomado as três doses e estavam na fila do atendimento, tiveram que tomar a vacina contra a Covid-19.

"A ideia é aumentar nossa cobertura vacinal, desta forma prevenindo os avanços da Covid", afirmou a secretária de saúde.

A ação também verifica se as pessoas que procuram atendimento nas repartições

estão fazendo o uso de máscaras, se está sendo disponibilizado o álcool em gel e se está sendo respeitado o distanciamento mínimo entre cada cliente dentro dos estabelecimentos.



0 comentário